Um jovem de 20 anos – Christian José Costa Macea – morador em Mogi Mirim, morreu após sofrer queda da moto que conduzia na noite da última quinta-feira (3) em Itapira.

Segundo informações constantes no boletim de ocorrência, ele teria tentado fugir de uma abordagem da Polícia Militar na região próxima à Algodoeira Caio, às margens da Rodovia SP-147 (Itapira-Mogi Mirim).

O local é conhecido por abrigar os chamados ‘rolêzinhos’ com dezenas de veículos, principalmente motos, e presença de centenas de jovens e adolescentes. O caso aconteceu por volta das 18h00.

Segundo o registro, equipes da RPM (Ronda Patrulhamento com Motos) patrulhavam pela região com o objetivo de dispersar as aglomerações na área. Ao perceberem a chegada das viaturas pela rodovia, diversas pessoas saíram em disparada com seus veículos.

Segundo os PMs, a vítima era uma delas. Ele saiu em alta velocidade em direção à rotatória do Distrito Industrial ‘Juvenal Leite’ e ingressou na rodovia com sentido a Mogi Mirim, onde reside.

Os policiais iniciaram o acompanhamento à distância. Em dado momento, contudo, o jovem cruzou o canteiro central e passou a trafegar pela contramão de direção, na pista.

Em seguida, retornou à via marginal de acesso à unidade do Laboratório Cristália. Em alta velocidade, ele teria perdido o controle da moto quando passou pelo trecho em que termina a pavimentação e começa a estrada de terra.

Os policias avistaram a queda e acionaram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). As informações iniciais eram de que o motociclista foi socorrido consciente e aparentemente sem gravidade no estado clínico.

A perícia no local, inclusive, chegou a ser dispensada, e a motocicleta foi liberada ao genitor da vítima que compareceu ao Hospital Municipal, para onde ele foi levado.

Quando os policiais registravam a ocorrência, entretanto, chegou a informação de que o quadro de saúde do jovem havia piorado e ele havia entrado em óbito. Ainda segundo o registro, nada ilegal foi encontrado com o rapaz, tampouco havia irregularidades com a motocicleta.

O caso agora deverá ser apurado pela Polícia Civil. O corpo foi removido ao IML (Instituto Médico-Legal) de Mogi Guaçu para exames e posterior liberação à família. O jovem residia na região da Vila Dias, no município mogimiriano.

Publicidade - Anuncie aqui