Paulo Rodrigues apresenta primeiro trabalho autoral (Paulo Bellini/ItapiraNews)
publicidade

Residindo em Itapira desde 2008 em busca de melhores oportunidades, o jovem Paulo Rodrigues, de 25 anos, conhecido artisticamente como Paulo do R4P, lançou sua primeira composição autoral, ‘Família Humilde’.

A música conta a história do artista, narrando os desafios ele e sua família enfrentavam quando moravam em uma comunidade em São Paulo (SP) e enfrentavam muitas dificuldades financeiras.

“Passamos muitas dificuldades em São Paulo, e o que motivou ainda mais a mudança foi o fato de meu pai ter começado a ficar doente. Apareceu uma mancha no pulmão dele por conta da umidade que penetrava as paredes da casa”, conta Paulo.

Na música, o rapper aborda episódios dramáticos desde a falta de comida e roupas até o preconceito constante por parte de muitas pessoas em razão da condição social da família.

O projeto musical nasceu a partir de uma conversa entre Paulo e seu primo, Juliano Rodrigues, que ainda mora em São Paulo.

“Sempre gostei muito de rap, é um gênero que fala sobre uma realidade que eu vivi, sempre que ouço fico emocionado, mas nunca havia pensado em eu escrever e lançar uma música”, explica.

A música levou cerca de um ano para ser concluída. Cada vez que algum verso surgia na mente do compositor, ele anotava em um papel e guardava no bolso.

Certo dia, percebeu que já acumulava mais de 30 rascunhos com anotações. “Fui juntando todos os versos e organizando. Chamei minha prima, a Jeise Gonçalves, que já atuava como cantora, para cantar o refrão comigo, e meus amigos da RZK Record’s & BC Record’s para produzir”.

A gravação do clipe foi feita em uma locação na Zona Sul de São Paulo. “Eu desacreditei quando vi tudo pronto, não imaginava que logo de primeira iria ficar tão bacana. Muita gente duvidou, mas deu certo e aconteceu”, conta.

Rapper destaca melhoria nas condições de vida após mudança (Paulo Bellini/ItapiraNews)

Paulo reside na região do bairro Cubatão junto dos pais João Carlos de Almeida, 50, e Cássia de Fátima Rodrigues de Oliveira Almeida, 51. Felizmente, ele revela que muita coisa mudou para melhor na vida da família desde que vieram para Itapira.

“Conseguimos conquistar muita coisa desde que viemos para cá. Eu consegui ajudar meu pai a comprar uma casa própria, que sempre foi o sonho deles, e consegui comprar um carro para mim. Quem diria que, depois de tudo que passamos em São Paulo, conseguiríamos conquistar tudo isso”, enfatiza.

O rapper trabalha como auxiliar de produção, mas afirma que pretende seguir com a carreira musical paralelamente.

“Já tenho algumas músicas escritas e que planejo lançar em breve. Quero continuar com isso porque o rap é uma forma de expressão, é dar voz ao povo. Quero falar o que acontece de verdade entre os pobres, quero falar sobre o preconceito, sobre nosso Brasil, tem muitas realidades aqui”, conclui.

Os interessados em acompanhar a carreira de Paulo podem acompanhá-lo no Instagram ou Facebook.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui