Regina Duarte e o presidente Jair Bolsonaro (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

A atriz Regina Duarte deixou hoje o comando da Secretaria Especial da Cultura do Governo Federal.

Ela assumiu a pasta em 4 de março, mas a saída já era esperada após manifestações públicas de descontentamento por parte do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O anúncio foi feito pelo próprio presidente em sua rede social. Ele disse que Regina “sente falta de sua família” e que continuará trabalhando pela cultura à frente da Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

A atriz rompeu o contrato de 40 anos com a TV Globo para assumir o cargo no Governo Federal. Em pouco mais de um mês, se envolveu em polêmicas e foi alvo de um processo de ‘fritura’ por aliados do próprio presidente.

Segundo Bolsonaro, as realizações de Regina à frente da pasta serão apresentadas durante a transição. O nome do ator Mário Frias já vem sendo cogitado para assumir a cadeira.