Antga vicinal novamente sofre com erosão em cabeceira de ponte (Paulo Bellini/ItapiraNews)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Os reparos feitos por equipes do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) em uma das extremidades da ponte entre Itapira e Mogi Guaçu duraram pouco.

A erosão em uma das extremidades da estrutura sobre a represa na Rodovia SPI-177/342, a antiga estrada vicinal, voltou a surgir após as chuvas dos últimos dias.

O problema foi noticiado com exclusividade pelo Itapira News no dia 19 de janeiro. Na ocasião, o Governo do Estado prometeu providências no local.

As obras de reparo começaram em poucos dias. Mas, agora, pouco mais de quinze dias depois, o asfalto novamente cedeu e um buraco surgiu exatamente no mesmo local. A reportagem do Itapira News novamente foi acionada e, durante a checagem, encontrou com funcionários do DER.

Um deles informou que será necessária uma avaliação mais minuciosa das causas da erosão e que os novos reparos agora também dependem das condições climáticas. Novos questionamentos foram enviados à Secretaria Estadual de Logística e Transportes e a redação aguarda posicionamento.

Em janeiro, quando consultada sobre o problema, a assessoria de imprensa da pasta disse que o governo busca recursos para executar as tão prometidas obras de recuperação total da antiga vicinal, que foi estadualizada em 2014.

“A atual gestão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) iniciou em 2019 um amplo levantamento da malha viária paulista e das necessidades especificas de cada segmento para um planejamento de obras que resultassem na modernização e ampliação da capacidade de tráfego de rodovias estaduais, como no caso da interligação Rodovia Antonio Joaquim de Moura Andrade (SPI 177/342), entre Itapira e Mogi Guaçu”, frisou a nota enviada à redação.