Antigo parque fabril se tornou cenário sombrio e melancólico
publicidade
Antigo parque fabril, no bairro do Cubatão: local se tornou cenário sombrio e melancólico
Antigo parque fabril, no bairro do Cubatão: local se tornou cenário sombrio e melancólico
Incêndio atingiu últimos materiais servíveis que estavam depositados no pátio do imóvel
Incêndio atingiu últimos materiais servíveis que estavam depositados no pátio do imóvel

O que em um passado não dos mais distantes era um parque fabril ativo e responsável por gerar centenas de empregos em Itapira, hoje se transformou em um ambiente desolador que mais remete a um cenário de filme de terror. Um clima até mesmo sombrio paira entre o que restou dos galpões que um dia serviram à imponência da Alcici S/A, uma das maiores empresas papeleiras da região e que depois daria lugar às atividades de fábricas denominadas Icicla, Aergi e, mais recentemente, Mello Papéis.

Depois de ser lacrado pela Justiça dentro de um processo complexo que envolve a falência da Aergi, o imóvel passou a ser alvo de constantes invasões de pessoas suspeitas. Aos poucos, as extensas dependências foram sendo alvos de dilapidação e hoje, se tudo fosse colocado abaixo a vizinhança agradeceria. Maquinários já não existem no local. Em vez disso, poucos documentos das empresas que lá funcionaram se encarregam de dar um ar ainda mais melancólico a quem se arrisca a percorrer o parque fabril.

Atingido por um incêndio que consumiu, talvez, o único material ainda aproveitável que estava depositado no local, o antigo parque fabril hoje se tornou um triste retrato do abandono e destruição cravado no tradicional bairro do Cubatão – e em motivo de preocupação para a vizinhança. Nesta série fotográfica, produzida por meio de parceria inédita entre o Itapira News e o Megaphone Cultural, a dilapidação do espaço é retratada em imagens em preto e branco, carregadas de dramaticidade para revelar o estado crítico em que o local se encontra. São 130 fotos – pouco ainda para mostrar todo o estado calamitoso do que um dia foi um dos maiores parques fabris da cidade.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui