Trecho do Ribeirão da Penha com lixo acumulado: retrato do desrespeito (Paulo Bellini/ItapiraNews)
publicidade
Trecho do Ribeirão da Penha com lixo acumulado: retrato do desrespeito (Paulo Bellini/ItapiraNews)

As ações de desrespeito ao meio-ambiente e agressões contra o rio responsável pelo abastecimento de água em Itapira infelizmente continuam sendo constatadas com frequência na cidade.

Prova disso é que diversos trechos do Ribeirão da Penha acumulam detritos diversos, que acabam enroscados em galhos e pedras e revelam um triste cenário que chama a atenção de muita gente.

Nas últimas semanas foram várias imagens enviadas ao Itapira News por leitores indignados com a situação, que infelizmente não é novidade.

Ano a ano, os casos se repetem e os lixos se acumulam em maior volume durante a estiagem, justamente quando a vazão do rio fica muito abaixo do normal.

Um dos locais que mais chamou a atenção nos últimos dias fica na região do bairro José Tonolli, mais precisamente debaixo da Rodovia SP-147 (Itapira-Lindoia). A situação foi demonstrada pela reportagem em um vídeo que gerou grande repercussão.

Em diversos outros pontos do Ribeirão da Penha na área urbana da cidade também é possível observar o acúmulo de detritos, em sua maioria garrafas pets e sacos plásticos. Até mesmo um capacete ficou enroscado na vegetação às margens do ribeirão.

A reportagem solicitou, ainda no final de setembro, um posicionamento da Prefeitura e da Sama (Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente) a respeito do problema, mas nenhum retorno foi oferecido.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui