Lixo se acumula em vários pontos do Ribeirão da Penha (Paulo Bellini/ItapiraNews)

Entra ano, sai ano, e a cena infelizmente se repete: muitos detritos acumulados em vários pontos do Ribeirão da Penha, rio responsável pelo abastecimento de água em Itapira.

Os materiais, em geral, são embalagens plásticas que ficam represadas em galhos e plantas no leito do rio.

Somente no trecho urbano do ribeirão, a reportagem do Itapira News detectou na última semana quatro pontos com muitos detritos acumulados.

O desrespeito ao meio-ambiente se estende também às margens do Ribeirão da Penha, onde há mais detritos e até roupas jogadas em vários pontos.

O triste cenário é reflexo direto da ação humana. Em nota, a Prefeitura disse que as limpezas em formato coletivo no rio foram suspensas por causa da pandemia e que o trabalho deve ser retomado quando houver segurança sanitária.

As campanhas de conscientização também estão paralisadas, já que o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) e a Sama (Secretaria Municipal e Agricultura e Meio Ambiente) atuavam principalmente junto aos alunos da rede municipal.

“Infelizmente situações como essa são causadas pela falta de conscientização da população, especialmente porque temos todos os serviços de coleta de lixo orgânico e reciclável no município, mas mesmo assim há pessoas que descartam lixo em local inadequado e que depois acabam caindo no rio”, destaca a nota da administração.

Publicidade - Anuncie aqui