Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O produtor cultural e ex-secretário municipal de Cultura e Turismo de Itapira, Ricardo Pecego, 43 anos, confirmou para esta sexta-feira (28) o lançamento de seu primeiro livro, ‘Caparaó’.

Em razão da pandemia, o evento será totalmente digital, em uma live (transmissão ao vivo) pelo Instagram às 19h00.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

Em 120 páginas, a obra chega ao mercado pela Editoria Giostri e narra a história de uma criança chamada Kiko e os acontecimentos que a cercam durante toda sua vida.

“As situações mesclam a realidade com a ficção e demonstram sua jornada em busca de suas raízes, confrontando com as necessidades e a realidade que milhões de brasileiros enfrentam diariamente: a pobreza e marginalização”, comenta o autor.

Pecego apresenta sua primeira obra literária (Fabio Zangelmi/Divulgação)

Para Pecego, a trajetória do personagem gera reflexões de que a vida é uma sucessão de escolhas. “Conhecer sua história e compreender seu contexto será importante para que avalie também as escolhas que são tomadas”, diz.

Pecego adianta que a live trará mais detalhes sobre o livro e sua concepção, com espaço ainda para interagir com os espectadores. “Na live vou falar do processo criativo do livro, inspirações, referências e depois abrir para perguntas do público”.

A publicação já está disponível para venda no site www.giostrieditora.com.br, com investimento de R$ 42. Para acessar o Instagram do autor, clique aqui.

  • Enredo

No livro, Kiko é um garoto cheio de vida e muito curioso, nascido nos arredores do Parque Nacional do Caparaó, entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

Obra já está disponível para compra na internet (Divulgação)

Ainda menino, passa por mudanças drásticas na sua vida: a família, muito humilde, se muda para o Rio De Janeiro para tentar uma nova vida.

Na cidade Maravilhosa um novo mundo se abre, cheio de possibilidades e novidades. A família passa a morar no Morro da Mangueira e, em sua nova escola, Kiko conhece Moisés, um amigo que lhe mostra tudo na cidade.

A nova vida, porém, não é das mais tranquilas e alguns acontecimentos o levam a escolher retornar ao Caparaó, o lugar que verdadeiramente ama. Sua jornada de volta poderá levá-lo para lugares que nem imaginamos existir no Brasil.