Saae quer ISO-9001 (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Mantuan espera certificação ainda para 2013
Mantuan espera certificação ainda para 2013
Publicidade - Anuncie aqui

O Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgotos) de Itapira iniciou o processo que visa conquistar o ISO-9001.

Na prática, a certificação representa um conjunto de normas técnicas que tem por objetivo a melhoria dos processos internos e externos, elevando a qualidade do atendimento e dos serviços prestados. A corrida em busca do certificado começou oficialmente no dia 3, com a publicação de um ato regulamentar que designou a Comissão da Gestão de Qualidade do Saae.

O grupo reúne oito profissionais que, a partir de agora, estão incumbidos de colaborar na implantação do ISO-9001. Segundo o presidente da autarquia, o engenheiro José Armando Mantuan, a intenção é conseguir a certificação ainda este ano. “É uma meta. Queremos implantar ainda neste exercício de 2014”, destacou, durante coletiva de imprensa realizada na tarde de quinta-feira, 20. “Acho que (a certificação) é importante para consolidar o trabalho do Saae, estabelecendo objetivos e universalizando os métodos, processos e sistemas para melhorar o atendimento e os serviços, bem como os procedimentos internos e externos”, avaliou.

Gardinalli e Ornellas participam do processo
Gardinalli e Ornellas participam do processo

O grupo responsável pela implantação do ISO-9001 no Saae é formado por colaboradores diretos, que representam diversos setores da autarquia. A coordenação da comissão ficou a cargo do servidor Manoel Carlos Boretti de Ornellas. Participam ainda os engenheiros ambientais Lucas Pereira Gardinalli e Bruno Valentim Retrão; a procuradora jurídica Silvia de Cássia Ranzatti; a chefe de recursos humanos Raquel Cássia de Campos Cardoso; a técnica em segurança do trabalho Vanusa Aparecida Pereira; o chefe da Divisão Comercial, Fernando Vieira Caporalli; e a assistente técnica Daniele de Almeida Duarte.

Ornellas também destacou os benefícios da certificação. “O único cliente do Saae é a população itapirense. Essa busca (pela certificação) não visa a competitividade, mas sim foca na necessidade de atender cada vez melhor o nosso cliente. Além disso, visa o aprimoramento dos funcionários, com treinamentos e capacitações, e com isso temos uma tendência de melhora do tratamento de água e esgotos. É um processo de melhoria contínua”, comentou.

De acordo com Gardinalli, que atua na diretoria técnica do Saae, a Sanasa (Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A), de Campinas-SP, deverá oferecer uma espécie de assessoria para o grupo. A empresa campineira é uma das cinco no Estado, no ramo de saneamento básico, que possui o certificado. “Vamos receber esse apoio na busca pela implantação. É uma espécie de consultoria, com pessoas experientes nessa área e que agora vão nos ajudar”, disse. O plano também envolve a capacitação de auditores internos para acompanhar e avaliar, trimestralmente, todo o processo de qualidade.

Saae quer ISO-9001 (Divulgação)
Saae quer ISO-9001 (Divulgação)

Para Mantuan, o ISO-9001 é importante também para padronizar o funcionamento da autarquia, seguindo os mais altos padrões de qualidade, independente de mudanças político-administrativas. “Apesar do Saae ser uma autarquia, ele é um órgão público que sofre alterações após eleições. Antes de mim, tinha um presidente. Agora sou eu. Posteriormente, haverá outro, e cada um tem um pensamento, uma linha de atuação. A partir do momento em que tivermos o selo (ISO-9001), a perda dessa certificação vai causar desgastes políticos a quem quer que seja”, enfatizou.

Caso o Saae realmente conquiste a certificação, uma empresa deverá ser contratada via concorrência pública, para auditar anualmente o sistema de gestão de qualidade, que deverá ser renovado a cada três anos. Além da Sanasa, os órgãos de saneamento básico do Estado que contam com o ISO-9001 são Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos), de Araraquara; Saae de Lençóis Paulista; Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) e Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis).