Plantio reuniu moradores, funcionários públicos e colaboradores de associações (Divulgação)
publicidade
Plantio reuniu moradores, funcionários públicos e colaboradores de associações (Divulgação)
Plantio reuniu moradores, funcionários públicos e colaboradores de associações (Divulgação)

Funcionários do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) e da Sama (Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente) promoveram, na última sexta-feira (16), o plantio de 200 mudas de árvores nativas em uma APP (Área de Proteção Permanente) às margens do Ribeirão da Penha.

A ação que visa a reconstituição de aproximadamente 150 metros de mata ciliar no rio, em seu trecho próximo ao bairro do Nosso Teto, reuniu também alunos e professores da Etec (Escola Técnica Estadual) ‘João Maria Stevanatto’, integrantes da Ascorsi (Associação dos Coletores de Resíduos Sólidos de Itapira) e do Condema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente e Sustentabilidade) e moradores da região beneficiada.

Ação foi coordenada em conjunto pelo Saae e Sama (Divulgação)
Ação foi coordenada em conjunto pelo Saae e Sama (Divulgação)

A coordenação ficou por conta da estudante de Engenharia Ambiental e colaboradora do Saae, Samira Marchesini, e do biólogo da Sama, Anderson Martelli. De acordo com o engenheiro ambiental a autarquia, Lucas Pereira Gardinalli, o evento teve por objetivo conscientizar e sensibilizar a população sobre a importância da preservação da mata ciliar e do meio ambiente de forma geral. “Fizemos convites e o pessoal da nossa equipe de leituristas distribuiu nas residências do Nosso Teto, Assad Alcici e Flávio Zacchi, por exemplo”, destacou. As mudas plantadas, de acordo com Martelli, são do bioma próprio do local, que é de mata atlântica. “Ficamos muito contentes em poder contribuir com essa oportunidade tão importante em termos de educação e cidadania”, frisou.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui