Campanha do Samu quer reduzir acidentes graves e fatais
Publicidade - Anuncie aqui também!
Campanha do Samu quer reduzir  acidentes graves e fatais
Campanha do Samu quer reduzir acidentes graves e fatais
Publicidade - Anuncie aqui

A Praça Bernardino de Campos e a Rua José Bonifácio, no Centro de Itapira, abrigam no próximo sábado (08) a primeira Ação de Conscientização e Prevenção de Acidentes de Trânsito.

O evento acontece entre 09h00 e 12h00, com distribuição de panfletos e orientações gerais em prol de um comportamento menos agressivo no trânsito.

A iniciativa é do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) da Baixa Mogiana e o objetivo é claro: reduzir o número de acidentes graves e fatais nas cidades abrangidas pelo órgão – Itapira, Mogi Mirim, Mogi Guaçu e Estiva Gerbi. “A ideia dessa campanha surgiu dentro do colegiado que administra o Samu Baixa Mogiana. Percebemos que estava crescendo o número de acidentes com vítimas fatais ou em estado grave e organizamos essa ação de conscientização e de prevenção”, comenta o coordenador do órgão, Wagner Tadeu Cezaroni.

A ação envolverá agentes de socorro e administrativos das equipes do Samu, incluindo viaturas. A ideia é mesmo chamar a atenção para a imprudência no trânsito que, em muitos casos, resultam em verdadeiras tragédias. Como o que pode ter acontecido no sábado, quando três pessoas morreram em uma colisão frontal entre duas motocicletas, em Barão Ataliba Nogueira. “Vamos colocar banners, distribuir panfletos com orientações e principalmente conversar com motoristas e motociclistas, pedindo para que respeitem as leis e que sejam gentis no trânsito para que possamos reduzir os índices de acidentes”, explica o coordenador.

A ação tem o apoio da Secretaria Municipal de Defesa Social, por meio da GCM (Guarda Civil Municipal), da Defesa Civil e do Departamento de Trânsito; além da Polícia Militar. A realização acontece de forma conjunta entre o Samu e a Secretaria Municipal de Saúde.

Desde outubro, quando a iniciativa foi colocada em prática, a ação já passou por Estiva Gerbi, Mogi Mirim e Mogi Guaçu. “Em todas, após a campanha, percebemos resultados práticos”, comemora Cezaroni. “Esperamos que a população se sensibilize para essa questão. É preciso trafegar de forma mais consciente, mais educada e mais gentil. Essa é a nossa forma de pedir ajuda para esse problema. Estamos sempre preparados para atender as ocorrências, mas preferimos não ter ocorrências para atender, sempre torcemos para que não aconteça (os acidentes)”, pontua o coordenador do Samu.

No ano passado, 427 pessoas sofreram ferimentos em acidentes de trânsito no município. Destas, dez não resistiram e acabaram falecendo. Neste ano, o número de vítimas fatais em acidentes de trânsito em Itapira já chega a quatro indivíduos.