Campanha de vacinação acontece em todo o país (Ilustração)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Campanha de vacinação acontece em todo o país (Ilustração)
Campanha de vacinação acontece em todo o país (Ilustração)
Publicidade - Anuncie aqui

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe começa nesta quarta-feira (23) em Itapira. Em âmbito nacional, a ação foi lançada já nesta terça-feira (22). A novidade desta edição é a ampliação das doses destinadas ao público infantil, já que a faixa etária definida pelo Ministério da Saúde foi alterada.

Com a nova regra, crianças de 6 meses a menos de 5 anos poderão ser vacinadas. No ano passado, apenas crianças com até 2 anos podiam receber a vacina. Representantes do governo acreditam que a ampliação dessa faixa etária vai beneficiar tanto as crianças quanto outros grupos vulneráveis, como menores de 6 meses de idade que ainda são amamentados, idosos e pessoas com doenças crônicas.

A campanha segue até 09 de maio e a meta do governo é vacinar pelo menos 80% do público, que representa 49,6 milhões de crianças. A vacina também será disponibilizada para grupos considerados mais vulneráveis à gripe, como as pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mães até 45 dias após o parto, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

O Ministério da Saúde ainda incluiu pessoas que têm doenças crônicas não transmissíveis ou que estão em condições clínicas especiais, mas não definiu uma meta a ser atingida nesses casos. Essas pessoas terão que apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Em Itapira, a campanha é coordenada pela Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde. A meta é imunizar 80% do público pré-determinado.

De acordo com a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica e Zoonozes, Josemary Apolinário Cipola, a aplicação das vacinas ocorrerpa nas 12 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) das zonas urbana e rural, de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 16h30. No sábado, dia 26, acontece o chamado ‘Dia D de Combate à Gripe’, quando as unidades deverão funcionar no mesmo horário.

Postos volantes também serão oferecidos em pontos estratégicos da cidade, para uma maior cobertura. Uma equipe ficará de plantão na Praça Bernardino de Campos, na área central do município, das 09h00 às 12h00. Nos supermercados Antonelli (Jardim Soares) e Cubatão (Cubatão e Centro), o atendimento será feito entre 08h00 e 17h00.

Equipes motorizadas atenderão hospitais psiquiátricos, casas de repouso e asilos. “Nas UBSs, enquanto um grupo fica de plantão fazendo o atendimento rotineiro, outros enfermeiros fazem a visita domiciliar dos doentes e acamados”, comentou Josemary. Segundo ela, os pais devem levar as crianças às UBS onde costumam ser atendidas. “As crianças necessitam ser levadas, pois às vezes temos que verificar, no espelho da carteirinha de vacinação, se realmente precisam de uma única dose. Para este contingente, quem tomar pela primeira vez precisa receber um reforço após 30 dias”, explicou.

Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas) mostram que, em Itapira, o público alvo com idade de 6 meses a 5 anos corresponde a 3.281 pessoas. As gestantes representam 575, enquanto que as puérperas, 95. Os idosos totalizam 9.910 e os profissionais que atuam na área da saúde, 1.691. Pacientes descritos com morbidade somam cerca de 3.950.

A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), e o governo brasileiro se baseia em estudos que apontam que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

De acordo com o governo, serão distribuídos 53,5 milhões de doses da vacina, capazes de proteger pessoa de três subtipos do vírus da gripe (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). O material será distribuído para 65 mil postos de vacinação e 240 mil pessoas estarão envolvidas na imunização.

Até o final da campanha, mais de 19,5 mil doses devem ser aplicadas em Itapira. A criação de anticorpos ocorre entre duas e três semanas após a dose ser ministrada. Justamente por isso as autoridades de Saúde orientam as pessoas a procurarem a vacinação no período da campanha. Assim, já estarão protegidas quando o inverno chegar.

Publicidade - Anuncie aqui