Paganini confirmou movimentações no sentido de unificar secretarias
Publicidade - Anuncie aqui também!
Paganini confirmou movimentações no sentido de unificar secretarias
Paganini confirmou movimentações no sentido de unificar secretarias
Publicidade - Anuncie aqui

Além das já confirmadas saídas de três secretários municipais da administração do prefeito José Natalino Paganini (PSDB), outras alterações poderão ser confirmadas em breve.

Na semana passada, Flávia Rossi, da Secretaria Municipal de Educação e José Augusto Francisco Urbini, da Secretaria Municipal de Negócios Jurídicos e Cidadania foram anunciados na Prefeitura de Mogi Mirim a partir de janeiro de 2017.

O presidente do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) e secretário municipal de Obras e Planejamento, José Armando Mantuan, também já colocou seu cargo à disposição e aguarda a exoneração até 31 de dezembro. Neste caso, a saída é por motivos de tratamento de saúde.

Contudo, mais mudanças estão por vir, conforme adiantado pelo próprio prefeito na última sexta-feira (11). Segundo o tucano, existem movimentações que poderão culminar na fusão de pelo menos duas secretarias – a de Cultura e Turismo e a de Esportes e Lazer, o que demandaria a redução de pelo menos mais um cargo de secretário. Caso isso realmente ocorra, as duas pastas deverão voltar a representar uma espécie de Decet (Departamento de Esportes, Cultura e Turismo), cujo formato já existiu durante muitos anos na estrutura administrativa da Prefeitura. Ainda neste caso, são fortes os indícios da saída de Marcelo Dragone Iamarino do governo municipal.

Apesar de não especificar as possíveis alterações, Paganini sinalizou que haverá mudanças também nesse sentido. “Existe sim um movimento para unificar não só essas duas secretarias, como também outras”, frisou, fazendo menções às pastas de Negócios Jurídicos, Administração e Governo. “Estamos analisando outras possíveis fusões”, complementou. Especificamente com relação à Cultura e Turismo e Esportes e Lazer, Paganini disse que “há, sim, a possibilidade de mudança da pessoa que irá administrar” a eventual nova pasta. O prefeito disse que, até pelo fato de sua reeleição, as mudanças no secretariado deverão ocorrer de forma gradativa. “Estamos fazendo tudo de forma tranquila e anunciar gradativamente essas mudanças. Na próxima semana, anunciaremos dois ou três secretários”, revelou.

Questionado sobre os motivos que levam à ideia da fusão de secretarias, Paganini atribuiu a intenção à necessidade de “enxugar” os gastos da máquina pública. “A ideia central é enxugar mesmo os gasto. Evidentemente que alguns profissionais serão penalizados, mas há um entendimento sobre isso. Em outros casos, as saídas são por opções pessoais dos secretários. Segundo apurado, um dos nomes mais cogitados para comandar a eventual secretaria resultante da fusão entre Cultura e Turismo e Esportes e Lazer seria o do atual vereador Carlos Aparecido Jamarino (PSC), que não foi reeleito e que anteriormente já ocupou cargo de secretário municipal de Administração. Neste caso, o atual secretário de Esportes e Lazer, Marcos Gasparino Schmidt, também teria que deixar o cargo. Outras alterações, conforme comentários de bastidores, poderão atingir secretarias como Serviços Públicos, Desenvolvimento Econômico (criada no início do atual governo) e Agricultura e Meio Ambiente.