Cruzamento perigoso será disciplinado por semáforo digital
Publicidade - Anuncie aqui também!
Cruzamento perigoso será disciplinado por semáforo digital
Cruzamento perigoso será disciplinado por semáforo digital
Publicidade - Anuncie aqui

Começaram os preparativos para a instalação do semáforo digital no cruzamento da Avenida Brasil com a Rua Santa Terezinha, nos Prados.

Conforme já noticiado pelo Itapira News, uma das esquinas precisava ser adaptada para permitir a implantação da haste do equipamento. O serviço começou na semana passada e foi concluído nesta segunda-feira (13) pela Secretaria Municipal de Obras.

Um poste que fornecerá energia elétrica ao equipamento também já foi colocado. Agora, a Prefeitura apenas aguarda a instalação do sistema pela empresa JSM Engenharia e Sinalização, vencedora do certame licitatório para aquisição do equipamento por quase R$ 31 mil.

 A previsão é do Departamento de Trânsito é que o semáforo esteja em funcionamento até o final de abril. “Temos um prazo legal para a entrega do equipamento pela empresa vencedora da licitação”, enfatizou o diretor do órgão e secretário de Defesa Social, Clayton Ribeiro. “Acredito que até o final do mês tudo já esteja pronto, com o semáforo em funcionamento”, acrescentou.

O ciclo de abertura do sinal será de três fases, semelhante ao adotado no cruzamento das ruas XV de Novembro e Comendador João Cintra, por exemplo. “Optamos por este sistema para não ter que proibir as conversões à esquerda”, explicou o secretário.

Poste foi instalado e esquina adequada para instalação do equipamento
Poste foi instalado e esquina adequada para instalação do equipamento

Assim como já ocorre em alguns semáforos do município, este novo também exibirá aos motoristas o tempo restante para abertura e fechamento do sinal. Segundo Ribeiro, a Rua Pombo passará a ter mão-única de direção entre a Avenida Brasil e a Rua dos Periquitos – atrás da Igreja Matriz de Nossa Senhora Aparecida. Com a mudança, este trecho da via não mais dará acesso à avenida, o que deverá ser feito pela Rua Nhambu, abaixo da igreja, ou pela via acima, a São Caetano.

O semáforo visa organizar o trânsito intenso do trecho, que se tornou um dos mais perigosos da malha viária do município. No final de março, um atropelamento próximo ao cruzamento tirou a vida de uma mulher de 80 anos. Apesar de a tragédia ter ocorrido um pouco além do cruzamento em si, o fato pode ter relação direta com o grande fluxo de veículos que passa pelo local. O autor do acidente, um motociclista, informou que um carro cortou sua frente, fazendo com que ele não percebesse a presença da idosa que tentava atravessar a rua fora da faixa de pedestres.

Após o ocorrido, Ribeiro informou que a instalação do semáforo neste momento não tem relação direta com a tragédia, já que a compra do equipamento já estava em andamento desde o ano passado. “Sabemos que existirá agora essa ligação (entre o acidente e a instalação do semáforo), mas isso já está no planejamento desde o ano passado. É claro que com o semáforo pretendemos eliminar os acidentes que acontecem nesse local, já que a velocidade será menor e não haverá confronto de veículos no cruzamento, mas tudo também depende do comportamento de cada motorista”, considerou o secretário.