Guardas Semolin e Cavallaro no dia das prisões após série de roubos (Divulgação/Arquivo)

A Justiça de Itapira condenou três homens que foram presos acusados de promover roubos sequenciais na região rural de Eleutério em maio de 2019.

Durante as ações, eles também agrediram algumas das vítimas. A série de assaltos foi marcada por fugas atrapalhadas, com colisões dos veículos roubados e quedas.

Presos pela GCM (Guarda Civil Municipal) logo após os crimes, Elias Oseias Adão, Jean Michel Fernandes e Robson Rodrigo Panicasi foram sentenciados na última semana pela juíza Vanessa Aparecida Bueno.

Eles deverão cumprir as penas em regime fechado, permanecendo presos. Adão e Fernandes foram condenados a 49 anos cada, enquanto que Panicasi foi sentenciado a 66 anos de prisão.

  • ROUBOS

Os roubos praticados pelo trio residente em Espírito Santo do Pinhal tiveram como alvos sítios localizados entre aquele município e Itapira.

Eles agiram em uma propriedade localizada ainda no território pinhalense e fugiram com um carro carregado com pertences das vítimas, vindo para Itapira pela ligação rural de Eleutério.

Quando chegavam ao bairro, bateram o carro em um barranco. Um dos ladrões ficou no veículo, enquanto eu os outros dois foram até o distrito e renderam uma mulher que chegava em casa, também de carro.

Ação rápida da GCM terminou com trio preso em flagrante em maio de 2019 (Divulgação/Arquivo)

Ela foi amarrada e agredida. A dupla então se apoderou do veículo dela e de outro que estava na garagem, fugindo em seguida. No trajeto, roubaram mais um homem que estava na rua, levando seu telefone celular.

Um dos veículos parou graças a um dispositivo de corte de combustível. O outro, o ladrão que o conduzia perdeu o controle e também bateu. A pé novamente, a dupla rendeu mais uma vítima que passava de moto, empreendendo nova fuga.

Porém, os dois acabaram sofrendo queda do veículo. Momentos depois, eles roubaram mais uma moto. Nesse meio tempo, unidades da GCM já se movimentavam pela região com base nas denúncias das vítimas.

Os ladrões que estavam na moto foram presos depois de breve perseguição e nova queda, já na Rodovia SP-352 (Itapira-Jacutinga). O criminoso que havia ficado no primeiro carro batido também foi preso logo em seguida.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui