O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, durante audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados.
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, acaba de anunciar sua saída do governo do presidente Jair Bolsonaro.

A decisão ocorre após a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Leite Valeixo.

Segundo o ministro, apesar de era recebido apoios de Bolsonaro durante sua gestão, o surgimento de interferências políticas contribuiu para sua saída.

Mantenha-se bem informado: curta nossa página no Facebook, siga-nos no Instagram e também pelo Twitter

“A partir do segundo semestre do ano passado acabou surgindo uma existência do presidente para substituição do diretor da Polícia Federal”, disse Moro.

Para assumir o ministério, Moro deixou a carreira de 22 anos de magistratura. Ele era juiz federal e foi responsável por julgar casos relacionados à Operação Lava Jato.

Esta matéria está em atualização.