Departamento de Trânsito instalou novas placas no local
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O Departamento de Trânsito da Secretaria Municipal de Defesa Social deu início, na tarde desta sexta-feira (11), à instalação de placas para reforçar a sinalização viária no trecho da Avenida Comendador Virgolino de Oliveira em que, de outubro do ano passado até agora, já foram registrados três acidentes fatais.

Dois dos três casos tiveram características idênticas no sentido de que as vítimas conduziam motocicletas e, aparentemente, depois de ingressarem em uma curva acentuada existente no local acabaram perdendo o controle de seus veículos e invadiram as margens da via, caindo em uma valeta profunda já na área de domínio da Usina Nossa Senhora Aparecida.

Em outro acidente, o ocupante de uma moto morreu depois que o veículo atingiu violentamente um poste, também na curva. Na última quarta-feira (9), um jovem de apenas 19 anos perdeu a vida ao cair com sua moto na valeta. Em outubro, outro homem, de 41 anos, morreu da mesma forma.

Representantes do Departamento de Trânsito também se reuniram nesta sexta-feira com um gerente da empresa para discutir o assunto, já que a valeta é de responsabilidade da Usina. Segundo apurado pela reportagem, a empresa prometeu adotar providências para fechar a valeta ou mesmo canalizá-la com uso de manilhas de concreto.

  • SINALIZAÇÃO

De responsabilidade da Prefeitura, a sinalização viária no trecho começou a ser reforçada para alertar os motoristas e motociclistas, com mais clareza, da presença da curva, bem como chamar a atenção para a velocidade máxima permitida no trecho, de 30 km/h. Segundo o Departamento de Trânsito, outras placas atentando para a redução da velocidade nas proximidades da curva deverão ser instaladas nos próximos dias.