Atendimento está prejudicado devido a problemas com ar (Leo Santos)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Atendimento está prejudicado devido a problemas com ar (Leo Santos)
Atendimento está prejudicado devido a problemas com ar (Leo Santos)
Publicidade - Anuncie aqui

A agência local da CEF (Caixa Econômica Federal) foi interditada, na manhã da última segunda-feira (18), pelo Sindicato dos Bancários de Campinas e Região – Subsede de Mogi Guaçu.

O motivo, segundo a entidade sindical, é que o ar condicionado da agência está quebrado há mais de uma semana, gerando condições de trabalho insalubres aos funcionários e prejudicando também os clientes.

Sem janelas ou outro sistema de ventilação, o Sindicato chegou a solicitar a manutenção no ar condicionado, na semana passada, o que não foi feito. “Demos um prazo e aguardamos até o final da semana passada, mas nenhuma providência foi tomada e os funcionários continuaram em condições insalubres. A agência é toda fechada e fica muito abafada, o que gera reclamações também dos clientes. Diante desse quadro optamos por interromper o acesso até que o problema seja resolvido”, comentou o diretor regional do Sindicato, Vagner Mortais.

A interdição aconteceu antes mesmo de a agência iniciar o expediente, pela manhã. Com isso, o atendimento ao público ficou restrito à área dos caixas eletrônicos. Não houve resistência por parte dos funcionários, que compreenderam as explanações do Sindicato. Contudo, um cliente que não conseguiu entrar na agência chegou a acionar o Procon (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor), mas o órgão não teve muito o que fazer. “Não coube atuação do Procon pelo fato de que o cliente não estava sendo impedido de entrar na agência pelo banco, mas sim por um fator externo, no caso a intervenção sindical”, explicou o responsável pelo Procon em Itapira, José Luiz de Abreu Chulata.

Mortais afirmou que ainda ontem recebeu a informação de que uma equipe de manutenção técnica da CEF iria se deslocar a Itapira para consertar ou substituir o sistema de ar condicionado. “Agora que paralisamos o atendimento, disseram que a equipe vai vir. Vamos aguardar, enquanto não normalizar o funcionamento do ar, a agência não voltará a atender”, avisou o sindicalista.

Em nota, a Caixa Econômica Federal informou que o sistema de ar condicionado está sendo substituído. “Até a finalização dos reparos no sistema do ar condicionado, a agência realizará o atendimento de forma contingenciada”, destacou o banco. “A Caixa esclarece que as áreas envolvidas estão mobilizadas para solucionar a questão no menor prazo possível”.

Publicidade - Anuncie aqui