GCM celebra aniversário de 14 anos da criação de seu Canil (Paulo Bellini/ItapiraNews)
publicidade

Oficialmente fundado no dia 19 de novembro de 2007, o Canil da GCM (Guarda Civil Municipal) de Itapira completou 14 anos de atividades nesta sexta-feira (19).

Uma solenidade ocorrida pela manhã marcou as comemorações na própria sede da corporação, com presença de diversas autoridades, incluindo o prefeito Toninho Bellini (PSD) e o vice-prefeito Mário da Fonseca (PSL).

Integrantes e cães de outras corporações da região, como Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Estiva Gerbi e Laranjal Paulista, também prestigiaram o evento, além do delegado titular de Itapira, Anderson Cassimiro de Lima.

A Polícia do Exército de Campinas também marcou presença, bem como o comandante da 3ª Companhia da Polícia Militar de Itapira, Capitão Fábio Vieira. A solenidade foi marcada por discursos e demonstrações das operações que integram a ação de guardas e cachorros.

“A participação dos cães tem sido fundamental nas operações da Guarda Civil Municipal de Itapira. Quero agradecer a todos que trabalham no Canil e a todos que já contribuíram e aos que contribuem com nossas atividades, importantes não somente em âmbito municipal, mas também em nível regional”, destacou o atual comandante da GCM, Mirovaldo Farabello, lembrando ter feito parte do efetivo do Canil em sua primeira turma, nos anos iniciais.

Comandante Farabello, que fez parte do efetivo do Canil em seus anos iniciais (Paulo Bellini/ItapiraNews)

Embora tenha sido criado em 2007, a sede do Canil somente foi inaugurada três anos depois, em julho de 2010. Na época, Bellini também era prefeito e a Secretaria Municipal de Defesa Social também estava sob o comando do Coronel Antônio José Rodrigues Gonçalves de Almeida, hoje novamente à frente da pasta.

“É desnecessário dizer que a atividade com os cães é de fundamental importância para o policiamento preventivo e ostensivo. Essa solenidade é para celebrar o aniversário da fundação do Canil, mas é também para reconhecer o trabalho de todos que sempre colaboraram com essa atividade”, disse o secretário.

Prefeito, secretário e vice também marcaram presença (Paulo Bellini/ItapiraNews)

Bellini aproveitou para garantir que a GCM tem total apoio de seu governo. “Essa relação nossa sempre foi muito boa e isso vai continuar, pois o trabalho da corporação é reconhecido por toda a população e por nossa administração”, disse o prefeito.

Em seu discurso, ele também agradeceu ao apoio constante e incondicional da Clínica Xodó, que desde o início do Canil presta apoio no tratamento e atendimento dos animais que servem ao grupo.

Também chamado de GOC (Grupo de Operações com Cães), o Canil contava também, em seu início, com os guardas José Evangelista da Silva, Rodrigo Domingos Chagas, Paulo Borges e André Alex Lemes – este falecido em janeiro de 2020 após ser baleado durante um assalto.

Os integrantes atuais do Canil são os guardas civis municipais Neto, da Silva, Claudinei e Massari, além do encarregado Paulo. Os cães em serviço são Hunter, Shena, Kiara, Aysha e Wood, treinados para atuar principalmente em ocorrências de combate ao tráfico de drogas e também em trabalhos de busca e salvamento.

Além disso, o grupo participa de ações sociais e educativas e apresentações cívicas. Entre os cães que marcaram história no Canil, o mais lembrado é o Maradona, que morreu em julho do ano passado, já após se aposentar da função na GCM.

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade - Anuncie aqui