Início dos trabalhos foram acompanhados por autoridades
Publicidade - Anuncie aqui também!
Início dos trabalhos foram acompanhados por autoridades
Publicidade - Anuncie aqui

Começaram na manhã desta segunda-feira (12) as obras de construção de uma faixa adicional com 1.600 metros de extensão na Rodovia SP-325 (Itapira-Jacutinga).

O dispositivo que visa garantir mais segurança aos usuários será implantado na região do distrito de Barão Ataliba Nogueira, mais precisamente entre os KMs 177.020 e 178.640, no trecho próximo ao posto de combustíveis.

O início dos trabalhos aconteceu às 9h30 com acompanhamento de representantes da Intervias – concessionária que administra a pista, da Artes (Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo) e autoridades políticas, como o prefeito José Natalino Paganini (PSDB), vereadores situacionistas e secretários municipais.

A chamada ‘terceira faixa’ dará mais fluidez ao tráfego no trecho que recebe muitos caminhões pesados. Assim, a faixa adicional recebe o fluxo dos veículos de carga, deixando livre a outra faixa de rolamento para que os veículos de passeio e utilitários possam seguir viagem dentro dos limites de velocidade da rodovia.

A obra atende pedidos formulados pelo deputado José Antônio Barros Munhoz (PSDB) em conjunto com Paganini, que fizeram gestão junto ao Governo do Estado e à Intervias. Ao todo, serão investidos R$ 2,47 milhões na construção do dispositivo viário. Os trabalhos estão a cargo da concessionária sob supervisão da Artesp. O prazo de conclusão é de até oito meses. 

MAIS

Outro trecho da rodovia também deve receber melhorias

Além do trecho beneficiado, o deputado Barros Munhoz informou que também está requerendo que outra faixa adicional seja implantada na mesma rodovia.

Neste caso, porém, a melhoria será no trecho situado entre o Clube de Campo do Sindicato dos Metalúrgicos e a primeira curva após o Trevo da Usina. De acordo com o parlamentar, o anúncio da nova obra está prestes a acontecer. O dispositivo terá 3,5 km de extensão, com investimentos que chegam a R$ 5 milhões.