132 aspirantes foram formados na capital (Alexandre Carvalho/A2 Fotografia)
Publicidade - Anuncie aqui também!
132 aspirantes foram formados na capital (Alexandre Carvalho/A2 Fotografia)
132 aspirantes foram formados na capital (Alexandre Carvalho/A2 Fotografia)
Publicidade - Anuncie aqui

A Academia da Polícia Militar do Barro Branco formou neste sábado, 15, mais 132 aspirantes a oficial da PM. Eles concluíram o curso de bacharel em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública. Na cerimônia, foi entregue aos formandos a espada de aspirantes a oficial.

“Parabéns por terminarem a Academia do Barro Branco. Esta é uma instituição de excelência, com reconhecimento internacional”, disse o governador Geraldo Alckmin aos aspirantes. Entre os formandos, nove são do Amapá e retornarão ao Estado após a formatura. Os aspirantes passarão por estágio de cerca de um ano acompanhando as patrulhas das regiões em que atuarão. A partir daí, se tornam tenentes.

Os aspirantes formados neste sábado passaram, em 2011, por concurso com concorrência de quase 86 candidatos por vaga. “Talvez este seja um dos vestibulares mais difíceis do Brasil”, afirmou Alckmin. Na academia, tiveram formação de 5.460 horas/aula, incluindo disciplinas como Direito Civil, Direito Penal, Direito Constitucional, Polícia Comunitária, Inteligência Policial e Direitos Humanos.

Mais policiamento

Desde 2011, São Paulo ganhou novos 14.665 policiais, sendo 11.819 militares, 2.426 civis e 420 técnico-científicos. Mais 9.517 vagas serão preenchidas por meio de concursos já em andamento. Serão contratados também 5 mil oficiais administrativos da PM.

Além destes concursos, outros 4.993 policiais civis e militares estão em formação nas academias e também reforçarão a segurança no Estado. As ações fazem parte do programa SP Contra o Crime.