Espécies foram plantadas em espaço verde no Nosso Teto (Divulgação)

Cinco palmeiras ornamentais que estavam plantadas na área verde no entorno da Igreja Matriz de Nossa Senhora Aparecida dos Prados foram transplantadas para outro local.

A operação ocorrida no último dia 11 evitou a supressão das espécies, que precisaram ser removidas em razão de obras de adequação da rampa de acesso da paróquia situada na Avenida Brasil.

O trabalho, coordenado pela Sama (Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente), permitiu que as cinco palmeiras fossem replantadas em uma área verde no Nosso Teto, local em que poderão se desenvolver sem problemas futuros.

“Pode parecer uma técnica simples, mas a transferência exige muito cuidado porque a árvore pode ser danificada e até morrer em um procedimento malfeito”, comenta o gestor de arborização da Sama, Fábio Giovelli.

O biólogo Anderson Martelli, diretor da pasta, defende que essas ações devem ocorrer sempre que possível para que mudas desse porte não sejam perdidas.

“As árvores possuem um papel relevante na vida terrestre porque diminuem o calor e protegem contra os raios solares, reduzem as ações dos ventos fortes e das poeiras e ainda absorvem os ruídos ou barulhos, tornando ambientes em casas, sítios ou fazendas, ainda mais tranquilos. Sempre que fazemos um transplante de árvores ficamos na torcida para que elas sobrevivam à mudança”, complementa.

Publicidade - Anuncie aqui