Gaúcho da Copa, como Fernandes ficou conhecido, morreu aos 60 anos (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Gaúcho da Copa, como Fernandes ficou conhecido, morreu aos 60 anos (Divulgação)
Gaúcho da Copa, como Fernandes ficou conhecido, morreu aos 60 anos (Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui

A Seleção Brasileira de Futebol perdeu nesta quarta-feira (16) um de seus torcedores-símbolos.

O gaúcho Clóvis Acosta Fernandes morreu aos 60 anos em decorrência de um câncer.

Uma fotografia de Fernandes em lágrimas e abraçado a uma réplica da taça do mundial percorreu o mundo na última Copa. O gaúcho chorava a histórica derrota da Seleção Brasileira para a Alemanha, com placar de 7 a 1.

‘Gaúcho da Copa’, como ficou conhecido, lutava contra a doença há pelo menos dez anos. Segundo o Lance!, ele estava internado na Santa Casa, em Porto Alegre (RS). “Ele escolheu morrer um dia após o aniversário do Grêmio e na Semana Farroupilha. Ele era gremista fanático”, disse ao Lance! O filho do torcedor, Frank Damasceno Fernandes. O gaúcho acompanhou a Seleção em sete Copas do Mundo e percorreu 66 países, sempre acompanhando das bandeiras brasileira e gaúcha e exibindo a réplica da taça.