PM Paulo conversa com um dos acusados do crime (Reprodução)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

Três homens foram presos em flagrante acusados de assalto praticado contra uma bicicletaria em Itapira. O caso aconteceu na tarde da última terça-feira (29).

Segundo apurado, dois indivíduos chegaram ao estabelecimento e renderam os funcionários, um representante comercial e o proprietário da loja situada na Avenida dos Italianos, esquina com a Rua Embaixador Pedro de Toledo.

Os ladrões estavam armados e um deles chegou a efetuar um disparo, que felizmente não atingiu ninguém. Os criminosos se apoderaram de dinheiro e também de pertences do representante comercial e fugiram em um Fiat/Uno de cor preta que aguardava nas proximidades, tendo outro homem ao volante.

A fuga, no entanto, foi percebida por populares que anotaram o emplacamento do veículo. As unidades policiais foram acionadas e colheram os detalhes, iniciando o patrulhamento. Como havia a informação de que o carro teria seguido em direção aos Prados, diversas viaturas passaram a se movimentar na região.

Quando faziam diligências pelo Istor Luppi, os policiais Ferrari e Paulo se depararam com o carro parado defronte a uma residência, no momento em que os ocupantes desembarcavam do veículo e entravam em uma casa.

Dois dos indivíduos, identificados como Douglas Junio Costa, 40, e Adilson Donizete de Souza, 44, perceberam a presença da viatura e tentaram fugir subindo em telhados e pulando muros de outras casas. O policial Paulo foi atrás deles e Souza chegou a efetuar dois disparos contra o militar, que revidou. Ninguém foi atingido.

Trio foi preso e acusado de roubo (Divulgação)

Enquanto isso, outras viaturas chegaram para dar apoio à ocorrência. Momentos depois, Souza foi detido em uma rua paralela, enquanto que Costa foi localizado escondido dentro de uma casa. Uma menina de 16 anos, filha de um dos acusados, se revoltou com a situação e danificou uma viatura da Polícia Militar.

Mais tarde, já no início da noite, o terceiro acusado de participação no crime foi identificado e localizado. Michael Henrique Oliveira, 26, foi preso em sua casa, também no Luppi, pelos policiais Cabo Dênis e Soldado Ferrari. Ele estava no portão e não esboçou reação quando da chegada da viatura, mas tentou jogar dentro da casa R$ 852,00 em dinheiro que estavam em seu bolso.

A ação foi percebida e o dinheiro foi recolhido. Na Delegacia de Polícia, Oliveira e Souza foram reconhecidos pelas vítimas como sendo os autores do roubo à bicicletaria. Costa teria sido o indivíduo que deu cobertura e aguardou no carro usado para a fuga. A arma usada no crime não foi encontrada, bem como os pertences roubados do representante comercial.

Carro usado no crime também foi apreendido (Divulgação)

Os três acusados foram presos em flagrante, autuados pelos delegados Anderson Cassimiro de Lima e Richard Lolli, sendo recolhidos à UDTE (Unidade de Detenção, Triagem e Encaminhamento) e permanecendo à disposição da Justiça. O carro usado no crime também foi apreendido.