Paulinho faleceu precocemente em Itapira (Divulgação)

O músico Paulo Fernandes, popular e carinhosamente conhecido como Paulinho do Transa Samba, morreu nesta segunda-feira (18) aos 57 anos.

Ele estava internado no Hospital Municipal desde a semana anterior com diagnóstico positivo de Covid-19.

Baterista, percussionista, cantor e compositor, ele foi um dos fundadores do grupo Transa Samba, que marcou história em Itapira e na região com grandes shows e participações em eventos, carnavais e bailes.

Também sempre esteve pronto para apoiar e auxiliar outros músicos e artistas. Paulinho do Transa Samba colecionou uma verdadeira legião de amigos e se tornou sinônimo de alegria e descontração.

O bom humor era característica sempre presente, com piadas e causos que arrancavam gargalhadas de todos à sua volta. A morte de Paulinho do Transa Samba despertou inúmeras manifestações de pesar à família.

Nas redes sociais, a notícia ganhou rápida repercussão e foi lamentada tanto por amigos quanto por pessoas que não tinham relacionamento próximo com o músico. O sepultamento acontece nesta terça-feira (19).

Publicidade - Anuncie aqui