Operação da ETA precisou ser paralisada (Arquivo)
Publicidade    
Publicidade - Anuncie aqui

O aumento do nível de turbidez nas águas do Ribeirão da Penha forçou o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) a paralisar temporariamente as operações da ETA (Estação de Tratamento de Água) às margens da Avenida dos Italianos na manhã desta segunda-feira (12).

Com isso, alguns reservatórios que abastecem o município tiveram seus volumes de água reduzidos, provocando desabastecimento em vários bairros da cidade. Os reservatórios afetados ficam nas regiões do Parque Santa Bárbara, Prados e Vila Penha do Rio do Peixe.

Segundo o SAAE, a situação deve ser normalizar já no período da tarde. Neste período, a recomendação é para que a população economize água. A turbidez da água é causada por partículas sólidas em suspensão no rio, como argila e matéria orgânica. Quando o nível fica alto, essas partículas podem ser sugadas pelo sistema de tratamento de água, provocando danos ao sistema.

A suspensão das operações da ETA ocorre como medida preventiva de segurança. Segundo a autarquia, a elevação do nível de turbidez tem relação direta com um grande volume de precipitação pluviométrica na última madrugada na região do Circuito das Águas, mais precisamente na área de cabeceira do Ribeirão da Penha.