publicidade - anuncie aqui

Policiais militares que estavam de serviço em Catanduva, no interior de São Paulo, salvaram uma recém-nascida de sete dias que estava engasgada com leite materno.

O salvamento foi registrado por câmeras de segurança que mostraram o momento em que o pai da menina desceu com ela nos braços pedindo ajuda. O caso aconteceu na segunda-feira (25).

Os cabos da PM Júnior César e Ricardo Marques estavam em patrulhamento pela região do bairro Cidade Jardim, quando avistaram um veículo, que deu sinal de luz. O pai da criança pediu ajuda para salvar a filha, que havia se engasgado com leite materno.

Enquanto um dos policiais realizava a manobra de Heimlich, manobra usada para expulsar o alimento, o outro acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e acalmava o pai.

Após algumas manobras na recém-nascida, o PM conseguiu fazer a menina expelir o leite, momento em que ela voltou a respirar. Para o cabo Júnior César conseguir ajudar a criança foi “gratificante”.

“Em 23 anos como policial, nunca tinha feito isso. Temos filhos também e nos colocamos no lugar daquela família”, disse.

Como a criança já tinha voltado a respirar, os policiais do 30° Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I) cancelaram o pedido do Samu e levaram o pai e a menina até o hospital em uma viatura. Lá, ela passou por exames e, após ser constatado que estava tudo bem, foi liberada.

  • HERÓIS

O trabalho realizado pelas equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de São Paulo atendeu 760 ocorrências de desengasgos de bebês ao longo de 2023, por meio do atendimento emergencial dos números 190 e 193.

A rapidez e a eficiência do serviço contribuíram para salvar, em média, a vida de duas crianças por dia no estado. Confira a reportagem completa aqui.

Print Friendly, PDF & Email
Publicidade - Anuncie aqui