Projeto Viva Música atende crianças das escolas municipais (Paulo Bellini/Divulgação)
Publicidade - Anuncie aqui também!
Publicidade - Anuncie aqui

O Projeto Viva Música Educação, desenvolvido pela Banda Lira Itapirense em parceria com a Prefeitura Municipal de Itapira nas escolas de Ensino Básico, encerrou seu primeiro semestre de atividades com avaliação extremamente positiva. Ao todo, de março a julho, foram realizadas mais de 40 apresentações, sendo 18 em alusão ao Dia da Família e mais 26 motivadas pelo clima das festas juninas, dando forma ao Arraiá Cultural.

Por meio de um termo de colaboração firmado entre a Banda Lira e a Secretaria Municipal de Educação, o projeto atende cerca de 1.300 alunos e abrange 71 salas das unidades educacionais municipais. Na prática, o projeto Viva Música Educação leva às crianças da Educação Infantil de Itapira aulas de Musicalização e Expressão Corporal que contribuem no desenvolvimento da criança na primeira infância, estimulando suas capacidades físicas e cognitivas, fomentando o desenvolvimento do pensamento, da atenção, da criatividade, da socialização e da integração.

“Na execução do projeto proposto, nosso foco é a amplitude destes fatores de desenvolvimento infantil, visando o desenvolvimento sociocultural pleno, através de uma linguagem artístico-musical, contribuindo assim para a formação da criança desde seu desenvolvimento cognitivo, físico e motor, até sua formação de personalidade e caráter, promovendo reflexões sobre seus valores sociais e desenvolvendo potencialidades de maneira integral, apresentando-lhes oportunidades para se tornarem cidadãos de uma sociedade mais digna e ética”, comentam as supervisoras do projeto, Salua Oliveira e Tamires Ponces.

O Viva Música Educação, que conta com direção geral do maestro Maurício Perina e coordenação pedagógica de Silvane Araújo, também possui um time de 15 professores e dois estagiários. Essa equipe é composta por Antonio Pereira dos Santos Júnior, Brenda da Cruz Rodrigues, Diana de Oliveira Bitencourt, Elona Aparecida Rezende, Felipe Crivelaro Froes, Jeise Gonçalves de Almeida Aldigeri, Karoline Lovatto Marcatti Topan, Marcia Braz de Syllos, Maria Gilda da Silva Finetti de Castro, Mariana Fernandes, Mayara Dorneles da Silva, Nathalia de Lima Santos Gonçalves, Rosana Leme da Silva Zanesco, Sarah Riboldi Jordão da Silva Vargas, Tamira Maiara Bombardi Bosso, Valeria do Nascimento Meneguini e Vera Lúcia da Silva.

Para o prefeito José Natalino Paganini (PSDB) é importante investir nas futuras gerações buscando o desenvolvimento de novos talentos e o crescimento pessoal. “Nos dias em que vivemos tudo é muito informatizado, levar nossas crianças através da musicalização e expressão corporal a desenvolveram suas habilidades, suas capacidades, sua visão do mundo é extremamente importante, pois isso trará reflexos positivos no futuro, serão cidadãos com uma capacidade maior de entender, conviver e participar da sociedade”, diz.

A secretária municipal de Educação, Nadir Martins da Silva Lavoura, lembra que a Educação tem de ser vista como um todo e que os gestores devem atuar em várias frentes com um único objetivo, fomentando o crescimento e o desenvolvimento em todas as áreas, formando novas gerações com capacidade de análise e discernimento. “Este é o caminho de uma sociedade melhor, e neste ponto a musicalização e expressão corporal são áreas importantes que tem demonstrado excelentes resultados, mudanças comportamentais no ambiente escolar e familiar”, finalizou.